• COC Futura

Mãos à obra: Tarefas domésticas, o que seu filho pode fazer por idade.

Atualizado: 5 de Abr de 2020


É muito importante interagirmos e ensinarmos as crianças sobre a organização dos afazeres do cotidiano. Eles aprendem pelo que vê e reproduzem o comportamento de seus familiares.

A psicóloga Renata Bento, especialista em criança, adulto, adolescente e família explica o quanto é importante tentar contornar essas questões. , é importante não tratar o desempenho da criança com perfeccionismo, lembrando que eles ainda estão aprendendo. “As broncas e cobranças devem ser trocadas pelo incentivo, pela ajuda, pela paciência e pelo elogio. E os pais devem fazer o possível para integrar as crianças nesse processo de forma lúdica e sem pressa, respeitando as habilidades e a idade de cada uma”.

Por fim, é sempre bom lembrar que não cabe qualquer diferenciação nas tarefas atribuídas a meninos e meninas. As atividades domésticas dizem respeito à aprendizagem e ao cuidado do espaço em que se vive, aos limites entre o eu e o outro, à construção de autonomia e independência.


Segue algumas dicas que o pequeno já é capaz de fazer em cada idade:


De 2 anos

Uma das melhores maneiras de introduzir a criança nas tarefas de casa é por meio daquilo que está mais perto dela no momento, ou seja, os brinquedos. Sente-se ao lado de seu filho e arrume-os por tipo, tamanho ou cor, fazendo com que a própria atividade se torne uma brincadeira. Aos poucos, ele vai entender o conceito de organização.


De 3 a 4 anos

Nessa faixa etária, você já pode incentivar o seu filho a arrumar a mochila da escola e levar o prato de comida até a pia. Você também pode pedir para que ele ajude-o a organizar alguns objetos da casa – levando-os ao lugar certo e colocando dentro de um armário (sempre com sua supervisão nesse momento, claro!). Pode ser o par de sapatos ou roupas, por exemplo.


De 5 a 7 anos

Aqui a criança já começa a entender melhor as noções de responsabilidade e cuidado. Então, você pode orientá-la a esvaziar o lixo do banheiro, por exemplo, sem que ela espalhe tudo no chão ou queira pegar algo de dentro do cesto. Seu filho pode ainda tentar arrumar a cama e dobrar algumas roupas. Outra tarefa que você pode delegar – e que ele vai adorar – é a de regar as plantas.

Segundo a Paula Tofanelli Especialista em Organização (site: mil dicas de mãe) quando a criança realizar uma tarefa, não a refaça para melhorar a qualidade, isto irá desestimular a criança, fica a impressão e a lembrança de que ele não faz bem o suficiente.

“A prática leva à perfeição”

A partir do momento a criança não é corrigida, a ideia sobre “arrumar os brinquedos”, por exemplo, é reforçada em sua mente, e o conhecimento adquirido é o suficiente para este momento. Essa lógica vale para qualquer tarefa.

Tem uma babá ou funcionária do lar:

- Mesmo assim dê tarefas para seu filho fazer!


Tenho certeza de que vocês irão ficar felizes em participarem desse momento de aprendizagem dos seus pequenos.

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo